Notícias

Praia de Guarajuba recebe certificação Bandeira Azul

Postada em 18/11/2019 às 21:47:57

Compartilhar:

Praia de Guarajuba recebe certificação Bandeira Azul
Praia de Guarajuba recebe certificação Bandeira Azul

Selo é emitido para praias, marinas e operadores de embarcações de turismo sustentável.
O município de Camaçari conta com 42 quilômetros de praias, que vão de Busca Vida até Itacimirim. Uma delas é famosa por receber turistas de muitos estados brasileiros e países sul-americanos, a de Guarajuba, que passa a fazer parte de uma seleta lista de 14 praias que receberam a Bandeira Azul, símbolo de que ali se preserva o meio ambiente. É a segunda praia baiana a receber a certificação. A primeira foi a da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades, em Salvador.

Criado na França em 1980, o programa que confere a bandeira é considerado um dos rótulos ecológicos voluntários mais reconhecidos do mundo. Ela é ofertada pela Foundation for Environmental Education (FEE), representada no Brasil pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR). O selo só é dado após aprovação de um júri internacional, realizado em Copenhague, na Dinamarca, para certificar .praias, marinas e operadores de embarcações de turismo sustentável que cumprem um conjunto de 34 requisitos de qualidade socioambiental. A cerimônia de hasteamento da bandeira está marcada para o dia 15 de novembro e contará com representantes do comitê nacional da FEE e do IAR.

Para receber o selo, a praia de Guarajuba passou por um rigoroso processo de pré-requisitos que durou um ano e meio. Qualidade da água, gestão e educação ambiental e segurança foram alguns dos critérios avaliados. De acordo com o secretário municipal de Turismo de Camaçari, Gilvan Souza, a Bandeira Azul representa um olhar a nível mundial para o município. Segundo ele, a partir de agora, o maior desafio da gestão municipal é o de garantir a manutenção desse selo, que passará a ser auditado anualmente.

"Pretendemos dar condição de conhecimento a todos os moradores de nosso município e elevar o grau de conscientização para garantir que todos fiquem sabendo a importância dessa bandeira, que possibilitará um acréscimo de 30% de frequência de turistas nacionais e internacionais na nossa costa marítima", previu. Ainda segundo o secretário, a ideia é a de que os requisitos exigidos para a certificação sejam multiplicados por todas as praias da costa da cidade, para gerar uma nova perspectiva de crescimento para o município.

"Durante o processo, tivemos duas praias com alta possibilidade de receber a certificação, Itacimirim e Guarajuba. A escolha de Guarajuba foi por conta dela já estar com mais de 80% dos condicionantes já garantidos durante o processo. Esperamos que a Bandeira Azul potencialize o melhor comportamento em toda a nossa costa", completou.
PROCESSO TÉCNICO

Responsável pela pesquisa, planejamento e atividades ligadas ao turismo na cidade de Camaçari, o turismólogo Pablo Nogueira, acompanhou de perto o processo de escolha de Guarajuba como símbolo de preservação ambiental. "Foi um processo basicamente técnico. Foi feito uma observância estrutural, além de outro fator que foi muito importante, que é a capacidade de aglutinar todos os atores, que são as associações de moradores e de condomínios, que contribuíram bastante para que isso ocorresse. Sem falar no simbolismo para o turismo, tendo em vista que Guarajuba desponta como um dos nossos principais cartões postais de sol e praia. Guarajuba saiu em vantagem em relação a isso", explicou.

O presidente do Conselho Municipal de Turismo de Camaçari, Joel Pereira, concorda que a conscientização das associações de moradores e de condomínios de Guarajuba foi fundamental para a escolha da localidade para receber a Bandeira Azul. Segundo ele, o processo de hasteamento é somente um dos procedimentos de mudança que passam pela responsabilidade dos gestores e moradores locais. "Seremos conhecidos no mundo como uma paria que possui uma qualidade da água, segurança e acessibilidade. Precisamos nos orgulhar dessa bandeira, pois teremos um crescimento de turismo de qualidade na região. É uma responsabilidade nossa, e uma vez hasteada, não podemos correr o risco de perde-la", ressaltou.

NOVIDADE

De férias na Bahia, as amigas mineiras de Belo Horizonte, as psicólogas Marina Souza, 65, e Ivete Ribeiro, 64, e a administradora Rosana Barroso, 59, foram visitar Guarajuba ontem (24/9). Rosana, que conhece as duas colegas há 30 anos, está de passagem na casa de outra amiga de Belo Horizonte afirmou que já estava sabendo da possibilidade de a praia ser certificada com a Bandeira Azul, mas não sabia que a escolha já havia sido concluída.

"Viemos já sabendo dessa possibilidade porque a nossa outra amiga que possui a casa aqui comentou. Ela vem com mais frequência que a gente. Acho que sempre que vamos em algum lugar que possui um trabalho de preservação do meio ambiente, isso enriquece muito o lugar. É uma praia linda e merece esse reconhecimento especial. Todo mundo sai ganhando com isso", disse a administradora, que revelou ter tido uma boa impressão do povo baiano.

O bombeiro militar Aquiles Batista, 35, veio de São Luís (MA) para fazer um mestrado em Segurança Pública em Salvador há 10 meses e aproveitou o dia de folga para ir à praia de Guarajuba com a família. Ele destacou a importância de estar numa praia que se tornou referência de preservação ambiental e prometeu levar a experiência para o seu estado.

"A preservação ambiental é algo que está bastante em alta, não só em nosso país, podemos ver isso sendo falado em todo o mundo . É muito bom estar numa praia com esse selo de qualidade. Eu não sabia que aqui havia sido reconhecido, fico muito lisonjeado e com certeza vou levar para o meu estado essa referência de preservação. Vamos torcer para que todos se conscientizem da importante conquista para o lugar e preserve-a", afirmou.

Dona de uma pousada no local, a empresária Sandra Campos fez questão lembrar que, juntamente com os demais comerciantes, vibrou quando soube da conquista do município. Segundo ela, a certificação reconhece o trabalho de preservação realizado ali. "Estamos muito felizes com essa conquista para a praia de Guarajuba. Mas o trabalho está apenas começando. Preservar o nosso oceano é uma obrigação de todos nós", afirmou.

Com supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro

Data:16/11/2019

 

Fonte: Correio da Bahia

Outras notícias

Newsletter

» Cadastre seu e-mail e receba novidades exclusivas.

Me chame pelo Facebook
Me Chame no WhatsApp